Não, não é você quem precisa mudar









Só não enxerga quem é extremamente imbecil e conduzido(a) bovinamente pela massa já "contaminada" e frágil intelectualmente. Cada vez mais certos burros de charrete humanos fazem um papel totalmente desnecessário e ridiculamente bizarro para serem aceitos no meio social em que vivem. E isso é prejudicial, porém poucos percebem.

Abaixo algumas situações comuns que você, leitor, já deve ter presenciado ou ao menos suspeita de que esteja acontecendo à sua volta:

- Você não precisa ser uma pu7a igual suas "zamigas": cheguei a ver mulheres tristes por não consentirem com atitudes putânicas de amigas. Mas elas viam as outras sair, beberem até cair e serem levadas para o "abate" (sexo) com desconhecidos facilmente e seguirem a vida normalmente no dia posterior achando que a felicidade estava ali. Ou viam outras traírem seus parceiros sem pena nenhuma e duvidarem se o sorriso estampado na cara das traidoras v@dias era realmente de felicidade ou de “escape” por não ser amada de verdade pelo namorado/ marido e levar uma vida sentimental desgraçada. As tais “bem resolvidas” mais mal resolvidas e hipócritas já vistas.

Eu digo sempre: você é responsável por suas ações, pode fazer o que quiser da vida, porém sua reputação entre as pessoas que te conhecem ou sabem o que você fez não pode ser mudada. Ninguém tem o poder de apagar a memória que está registrada na cabeça de outro alguém. Então quando estiver num shopping, por exemplo, e ver um grupo de caras olhando para uma certa mulher e rindo (todos) fatalmente é porque já sabem o que ela fez e que não vale nada.

É como sentir na pele a dificuldade de encontrar um emprego por ser ex presidiário. É como cair na real sabendo que não são as ex atrizes pornôs que têm o segredo de como ser feliz a dois ou como “segurar um macho”.

- Você não precisa mudar seus hábitos para encontrar e manter um(a) namorado(a): se você tiver de mudar, é porque a outra pessoa não lhe é compatível. Isso tem que ser visto LOGO DE CARA.

Relacionamento f0did0 e com os dias contados é aquele em que uma das partes diz: - “Você tem que mudar, senão...” (ameaça/ chantagem). Tenha paciência até achar alguém que NÃO te obrigue a fazer o que não gosta. Não seja um(a) m3rda de pessoa. Ou prefira a própria companhia mesmo.

- Você não precisa entrar em coma alcoólico nem botar seu p@u em qualquer buraco pra provar que é homem: o que mais ando vendo por aí atualmente são molecotes fracos de mente “surfando” na onda dos mais sacanas e se f0dendo, tanto socialmente, de uma forma geral, como com mulheres. São iguais a ovelhinhas tosadas e arrastadas pela direção do bando: fazem de TUDO para serem "aprovados", uns talvez até topem lamber m3rda dos que eles acham que são referência!

Somente em raros casos profissionais você vai ter que mudar seu jeito de se vestir, falar e agir por forma de sua bagagem intelectual, porque hoje em dia o convívio no campo profissional virou política, mistura/ conflito de ideias e também adaptação ao ambiente.

Lembre-se daquela cena daquele filme em que há um buraco enorme em um campo e a multidão caminha a passos rápidos caindo para dentro dele. Você sabe porque está indo na mesma direção deles?

Se pergunte isso sempre.

2 comentários :

  1. A boiada é foda, estou servindo ao exército, e lá o que mais tem são uns moleques que estão nas custas do pai, saindo todo fim de semana, enchendo a cara, beijando as baladeiras e chega na segunda se achando o fodão só por ter beijado nas festinhas fim de semana.

    Se não tiver firmeza a boiada te leva, as vezes tu olha pro lado e pensa que é o único lá 'diferentão' e que devia ser porra locas que nem ele. Mas ai vem a razão e mostra que isso é somente para ter aprovação social de bosta, de outros bostas !!

    ResponderExcluir