Como é fácil ser mulher


Muitas de minhas seguidoras vão se irritar com o texto (sim, tem muitas mulheres que leem meus textos e gostam muito), outras tantas vão compreender e as feministas não assumidas vão querer que eu morra, certamente. Mas é um assunto que até Homens têm receio de abordar. Imagine escrever! Ainda mais para a conjuntura social aqui no BR que favorece muito mais o desenvolvimento e defesa da mulher do que algo similar para os Homens.
São pontos precisos que abordarei e certamente vão abrir a mente de quem os lerá pois este texto não tem por alvo denegrir a imagem de mulher nenhuma, nem chorar por desfavorecimentos (como alguns retardados virão comentar "hurrrr vitimismo sexista"), tampouco desfazer alguma ideologia já implantada governamentalmente, pois vejo que mulheres nem precisariam de tanto (elas mesmas nunca se intitularam como guerreiras e fortes como antes visto na história).
- Se por um acaso você sentar no meu colo para o sexo, mesmo sem dizer nada, eu sei o que você quer e se eu não tr@nsar com você, serei tachado de gay, fora as chacotas que sofrerei por não ter comido uma mulher que queria me dar. Por outro lado, se eu lhe tocar (e futuramente até olhar para você), ainda mais se for alguma parte íntima do seu corpo... em minutos você gritará e enquanto a polícia não chega para me prender, posso ser linchado pelo público presente, talvez com sorte saia vivo, mas depois, já na prisão, certamente serei agredido e até estuprado pelos outros presos.
- Se você tem um pneu de seu carro furado, deixa cair algum caderno na rua, demonstra não conseguir carregar aquela caixa pesada, etc. aparecerá prontamente um (ou mais) Homem a fim de te ajudar. Uns com segundas intenções, é bem verdade, outros pelo simples instinto de auxiliador prestativo e atencioso. Se furar o pneu do meu carro TODOS em minha volta ficarão tranquilos porque sendo Homem pensarão que saberei me virar sozinho, só por ser Homem, se deixo cair algo na rua certamente NENHUMA mulher tem obrigação (social) de me ajudar (com ou sem o intuito de me cortejar/ flertar, pois ela será vista talvez como uma "oferecida demais"), se eu não conseguir carregar aquela caixa pesada corro o risco de ser tachado como fracote, além de poder virar motivo de risos.
- Se você precisar de nota para passar de bimestre na faculdade e o professor da matéria for um idolatrador de mulheres daqueles que pensam que só porque um homem quebra o galho para uma mulher ela vai cair de 4 na frente dele, obviamente fará uma forcinha extra para que você consiga os pontos necessários para sua aprovação, só por ter se encantado com sua beleza distribuída neste seu corpo bonito e seus longos cabelos. Já eu, bem... eu tenho que estudar em dobro se quiser atingir a nota que preciso.
- Se você engravida têm um tempo em que é liberada para cuidar da gestação deixando temporariamente o emprego por uma lei trabalhista. Eu, se for pai, não.
- Em eventos sociais você é cortejada, recebe elogios, é a mais observada e admirada por muitos (até por outras mulheres) e em muitos locais até entra de graça. Eu tenho que pagar bem caro, o figurino social me manda pagar uma bebida para você sem ao menos ter te conhecido antes e ainda corro o risco de ser rejeitado somente por ser um homem que parece estar ali para "caçar" presas (mulheres).
- Em certas situações, se você está com uma criança que não é sua... é vista como uma pessoa com o "instinto maternal". Eu corro o risco de ser confundido com um ped0filo.
- Eu até tentei eleger votando em um candidato homem nas últimas eleições para presidente porque o via mais preparado para tentativas de melhorias para a minha nação, mas como as mulheres já votam há décadas e nas duas últimas eleições lá estava uma candidata mulher, certamente foi reeleita por causa (entre outros motivos) de um bom número maciço de mulheres eleitoras no meu país.
- Pela lei nº 13.104 de 2015, artigo1, VI no (lei do feminicídio) se alguém matar uma mulher a pena é maior em comparação se fosse o mesmo crime contra um homem. Ou seja, a justiça do meu país me condenará mais fortemente caso eu cometa algum crime contra uma mulher do que se cometer o mesmo contra um outro homem. Dando claramente a compreender que atualmente a vida da mulher no BR VALE MAIS do que a do homem.
- Eu posso perder o meu emprego a qualquer momento caso meu empregador encontre uma mulher com mais experiência ou formação acadêmica do que a minha, pois existem empregadores manginões (p1nt0s loucos lambedores de salto) que dão prioridade na contratação de mulheres, ainda mais pelo fato de que nunca se viu tantas mulheres inclusas no mercado de trabalho como antes. E concorrer com quem tem "o que os homens querem" (homens manginas no poder) é devidamente injusto.
- Você tem uma delegacia específica para apoio/ suporte. Eu, como Homem, corro o risco de mal ser ouvido pelo policial.
- Há um número altíssimo de homicídios no BR. As vítimas são mulheres e homens. Mas o governo gera campanhas para diminuir somente a violência contra as mulheres.
- O feminismo é visto pela mídia e massas de manobra como algo bonitinho que defende e valoriza a mulher. Leitores dos meus textos já sabem que não é bem assim (se você não é leitor dos meus conteúdos procure pelo termo feminismo nos textos que escrevi e conhecerá as verdades). Já o machismo, que é a condição de atitudes originais masculinas e que de uma certa forma até oferece alguns itens benéficos para mulheres é visto como crime hoje em dia.
- Se você postar fotos seminua na internet muitas pessoas vão dizer que "o que é bonito é para ser mostrado mesmo". Sem contar os elogios que receberá por ser uma mulher "poderosa". Se eu postar uma foto seminu serei denunciado/ escrachado/ condenado por muita gente por ser um exibido ou um tarado doente mental.
- Se você rejeitar um gordo, pobre ou feio (ou rejeitar um homem por alguma característica que ache que não seja viável para si dentro de um possível relacionamento) será considerada uma mulher decidida, de personalidade refinada e seletiva. Se eu não quiser nem conversar com uma mulher pouco atraente ou que eu entenda que não vai rolar a tal "química" serei avaliado como um gay e homossexual não assumido ouvindo gritos de "saia do armário!".
- Você já ouviu pelo menos uma vez na vida que você era a "princesinha do papai". Eu só lembro de ter ouvido que tinha de arranjar logo um emprego para ajudar nos custos da casa.
- Ainda hoje e em certas ocasiões, quando você vai entrar em algum estabelecimento, por exemplo, ouve: "primeiro as damas". E tem prioridade no ato de entrar. Eu tenho uma certa pressão social em cima de meus ombros para ter que ficar na chuva e emprestar a proteção de meu guarda chuva a uma mulher, caso ela esteja ainda do lado de fora.
- Na academia, se você pede alguma orientação do instrutor é prontamente atendida, pois é bonita e exala sensualidade dentro destas roupas que despertam o tes@o em qualquer homem. Se eu pedir ajuda, no máximo escuto um "pera aí".
- Na guarda de uma criança, a prioridade SEMPRE foi você, é com você que seu filho fica no caso de uma separação. Salvo raras exceções da nova guarda compartilhada, por lei. E eu ainda sou obrigado por lei e te ajudar a pagar as despesas do filho, mesmo não acompanhando de forma frequente o dia a dia do desenvolvimento do mesmo.

7 comentários :

  1. O pior de tudo é que tudo isso é verdade, ainda se acredita que vida da mulher é mais importante que a do homem.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo texto muito lúcido! Só não entende quem não quer!

    ResponderExcluir
  3. O Homem é o 1o a ser posto pra fora de casa se não produzir a partir de certa idade....é certamente infinitamente mais cobrado para bem-suceder-se na vida do que a Mulher = FATO INEGÁVEL.

    ResponderExcluir
  4. Além de muito fatores, que se forem postos neste mesmo texto, ficará um conteúdo maior do que a própria Bíblia. Meus cumprimentos pelo texto.

    ResponderExcluir
  5. Interessante. Sempre observei isso no dia-dia, elas sao debochadas,nao pode fracassar perto delas.

    ResponderExcluir
  6. O pior cego é aquele que não quer ver...

    ResponderExcluir
  7. Concordo plenamente com o texto, principalmente na parte que você fala que a mulher pode ser exigente e seletiva, mas quando nós homens somos, nos adjetivam de gays, entojado, de broxa que não dá conta, e um monte coisas mais, só que eu sou seletivo mesmo e dane-se o que irão dizer, se eu não curtir, lage pra ela, não fico msm, seja lá o que for que falem, não me atingem.

    ResponderExcluir