A solução é privatizar o congresso BR

Quando eu preciso de um reparo em meu carro, como eu não sou mecânico, eu o levo a uma oficina. Quando eu preciso providenciar um bolo de aniversário para uma festa e eu não sei fazê-lo, eu encomendo um com uma boleira ou numa padaria. Quando está na hora de declarar o imposto de renda eu recorro a um contabilista. Quando preciso fazer uma reforma na parte elétrica em minha casa e eu não tenho conhecimento para tal, eu chamo um eletricista. Quando tenho algum problema mais sério de saúde e não sei como resolver eu marco consulta com um médico. Nestes comparativos podemos concluir que terceirizamos muitos serviços que não são de nossa competência natural.

E é com esta teorização que lhes pergunto: se brasileiros genuínos, ao longo de décadas, não conseguiram fazer de um país imenso e "rico" uma terra desenvolvida e que opere na ordem e no progresso, porque não PRIVATIZAR o comando a quem pode e mostra ser mais competente? Porque não radicalizar removendo mais de quinhentos parlamentares (fora ministros, secretários, assessores, etc.) que se julgam nossos "representantes" no congresso para um comando estrangeiro, mas efetivamente capaz? Quem? Ora, olhe para os países de primeiro mundo desenvolvidos por eles mesmos! Loucura? Nem tanto.

No que os alemães são mestres? No que os japoneses são insuperáveis? No que os americanos se mostram os melhores?

É como contratar os melhores jogadores para o seu time, simples. Imaginem por exemplo a contratação de 100 japoneses para comandarem o ministério da educação. E que tal algumas dezenas de europeus também devidamente diplomados e experientes na área médica administrarem o setor da saúde? Americanos poderiam ser chamados para gerenciar a segurança pública (que tal russos aqui hem?). Alemães ou suíços comprovadamente competentes em finanças dariam um destino melhor para nossas verbas do que alguns políticos BR deram alguns anos atrás quando foram pegos com dinheiro até na cueca.

Crime de corrupção? Constituição atualizada para punir os responsáveis com deportação e prisão em seus países (onde a lei para quem rouba ou aplica golpes é REALMENTE cumprida, bem diferente daqui). Além de multas a serem pagas.

Não dizem que o brasileiro é corrupto e metido a malandrão por natureza? Então...porque está achando a ideia esquisita? Contrato de profissionais estrangeiros com conhecimento também político seria por 4 anos renováveis por mais 4. Mais prático impossível. O que fariam os centenas de colarinhos brancos hoje em Brasília? F0dam-se eles. Que arrumem outro emprego.

"Mas a troco de que os grupos estrangeiros fariam isso?". Ora, a troco de salários que estes profissionais talvez não conseguissem em seus países de origem. Atualmente muitos países desenvolvidos passam por índices de desemprego preocupantes também. Então, se NÃO HÁ gente competente aqui que ganhe MILHARES DE REAIS para administrar nossas verbas, nada mais lúcido terceirizar tal serviço a quem pode operar de forma eficaz e talvez por salários até menores do que os dos nossos caríssimos engravatados que aqui estão.

Oposto ao bolivarianismo esta nova "privatização" da administração de nosso dinheiro arrecadado pelo corpo de governo contatado teria a rígida fiscalização de outros órgãos estrangeiros, talvez. Vide exemplo da intromissão dos americanos na atual investigação de lavagem de dinheiro e corrupção na Fifa, entidade europeia. Porque um grupo competente não pode fiscalizar a corrupção de um governo de outro país também? Basta simplesmente autoridade e transparência para isso. Já que estamos TODOS estafados de tanta imundice pelo BR adentro...não diga que não seria uma boa ideia.

Aqui no gerenciamento público BR não privatizaram várias empresas estatais? Proponho então a mesma ideia para darmos cidadania a um grupo (bem menor do que a quantidade de parlamentares hoje no Congresso) de estrangeiros comprovadamente aptos em suas áreas e eficazes no manejo de contas públicas. Não me venham dizer que não posso defender culturas de fora e que só valorizamos coisas de outros países e mimimi. Isso é coisa de cego social br.

Quem mama nas t3tas do governo há anos, varre sujeiras para debaixo de um tapete grande e velho, não nasceu com índole incorruptível e lê este texto no momento...ficou um pouco preocupado. Isso eu garanto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário