Teoria das pessoas carentes pela aceitação social


Pessoas carentes são as que mais almejam a autoafirmação e aceitação dos demais ao seu redor dentro da sociedade. Não é difícil identificar quem é inseguro(a) e sofre com a presença de si mesmo (fase essencial para o amadurecimento e desenvolvimento pessoal no ciclo de vida):

Casos: A pessoa carente é:
- o mangina que se ilude com alguma manifestação de retorno de uma mulher, em relação à alguma abordagem: sempre é uma que não o quer e ele cai nos jogos de algumas (v@dias) que só querem tirar proveito dele/ inflarem o próprio ego, então ele pensa que se não agir como um escravo será rejeitado, porém não percebe que nunca será aceito agindo como uma muleta emocional ou prestador de favores para mulheres que quer pegar;
- a vadi@ que foi comida pelo cafajeste e foi chutada: para algumas o fato de terem sido comidas já afastou (por um curto período de tempo) a carência que ela sofria; para outras, serem comidas não basta...pois estas vão sofrer quando o cara for embora (a companhia dele afastaria mais a carência e necessidade de ser aceita/ aprovada por um homem, mesmo sendo um cafajeste, então ela se sente "reprovada" quando um homem a abandona, além de sexualmente, também sentimentalmente);
- o cara que sabe que não está preparado para aquele cargo que ele ocupa e pega/ rouba ideias dos colegas de trabalho ou até mesmo, numa chance oportuna diz que aquele feito foi ideia dele e somente dele;
- o pint0 louco que pensa que se não estiver comendo uma mulher, seja namorando ou casualmente, estará perante aos demais, sendo um m3rda, pois ele pensa com a cabeça de baixo e somente se preocupa com isso; 
- a "dadeira" que pensa que se um homem não estiver ou não querer trans@r com ela (preferencialmente cafajestes, pois ela se sentirá a escolhida em meio a tantas que ele come e que "liberam" fácil), estará perdendo poder perante às amigas (e inimigas tamém), então a primeira coisa que ela pensa antes de sair de casa é na roupa íntima, por exemplo, potencialmente pensando em arrumar algum caso sexual para satisfazê-la e ao mesmo tempo mandar para longe a carência e a sensação de rejeição.

Nenhum comentário :

Postar um comentário