Relato

Bom, por aqui começo meu relato, nos meus 18 anos ainda era meio imaturO e idiota, nunca gostei muito de me relacionar com mulheres para ter algo sério, tive alguns mas nem da para se denominar "relação", estas com durações de poucos meses. Depois de um tempo acabei conhecendo uma menina, gostei dela e decidi namora-la.
No inicio foi tudo de boa, tinhamos respeito um pelo outro, sabiamos respeitar decisões um do outro e etc. Passado alguns meses de namoro, o relacionamento começou a mudar, ela ficou possessiva, agressiva(chegou até a me agredir mais de uma vez e eu nunca revidava), controladora e se tornou uma boa praticante de vitismo, e eu como o trouxa que era sempre caia(achava até que era culpado muitas vezes do que não era), aceitava tudo isso numa boa, meu mundo girava em torno dela, só saia com ela, sempre estava ao lado dela em qualquer momento, deixava de fazer várias coisas que fazia antes : jogar video game, futebol com os amigos, cerveja no fim de semana.
Deixei de sair com todos eles e mal via meus familiares, fui um babaca, realmente. Se passaram dois anos e alguns meses de relacionamento e tudo que informei acima só piorou com o tempo, vivia jogando coisas na minha cara de sei la quantos anos atrás, foram tantas brigas que em um momento acabei decidindo ir embora. Ela alegou que me amava, chorou e tudo mais, mas continuei firme na decisão, não queria uma porra de vida dessas pra mim. Se passou um mês desde o termino e olha só, adivinhem o que aconteceu ?
Ela ja estava namorando outro, alegando estar apaixonada pelo mesmo e já dizendo que o amava mais que tudo na vida. E eu ? sai como safado para todas as pessoas que andam com ela, como se só houvesse feito coisas ruis durante todo o relacionamento, sendo que fiz tudo pela pessoinha.
Me senti um palhaço e achei o carinha mais palhaço ainda por cair nessa. Mas isso só ajudou a ver que realmente fiz o certo e que era um verdadeiro escravo de buc3t@. Depois disso comecei a se focar em mim, não quis me relacionar com mais ninguém, minha vida melhorou muito mais do que eu imaginava, voltei a sair com meus amigos e a fazer tudo o que eu queria fazer sem ter de dar satisfações a ninguém ou ter que aguentar teatrinho.
O que eu tenho a dizer com esse relato, brothers ? Seguinte, se foca em você, tenha amor próprio antes de tudo, faz com que o centro de tudo seja você mesmo, estuda e faz o que for te beneficiar, mas em beneficio de si mesmo e não de mulheres, não deixe que ninguém te passe pra trás, sempre desconfie, nunca fique achando que a vida é igual filme da disney, por que promessinhas podem acabar em um dia, isso mesmo, por mais que seja ruim aceitar a realidade, é isso, seja realista.
E nunca esqueça dos seus amigos ou familiares, que são as pessoas que sempre estiveram com você na correria da vida e que sempre vão estar com você nos momentos mais dificeis, trocar essas pessoas por uma pessoa que amanhã pode tar c@gando pra você, não vale nenhum pouco a pena. Posso dizer que hoje sou um homem de verdade, apesar de já ter chegado a esse estado vergonhoso, resolvi postar esse relato por que me revolta ver tantos homems assim hoje em dia, na mesma situação em que estive.
Tem gente que vive a experiência e ainda cai na mesma outra vez, pqp. Então, a última mensagem que tenho pra deixar é essa : "Priozirem a si próprios, somente a si próprios" e para os que são fofinhos ou bonzinhos, só digo isso, sai dessa cara! Por que no fim, ninguém vai reconhecer p0rr@ nenhuma que tu faz.

Desenvolvimento pessoal acima de tudo! Espero que isso sirva de alguma lição para alguém! Obrigado!

Relato enviado por leitor

Nenhum comentário :

Postar um comentário