Relato: foi ganhar "mais" longe de casa

Mais um relato me chega aqui, de cair com o queixo no chão.

Depois de alguns anos, descobriu-se que uma mulher, perto dos seus 34 anos, linda, saudável e formada em uma área bem promissora, solteira, deixou a família (a qual era muitíssimo apegada, principalmente à mãe) para trabalhar e ganhar um ótimo salário em outro estado, bem longe e menos promissor que o atual que ela morava.

A princípio, mais uma pessoa buscando o melhor para si, mas se tratava de uma moça que, de algum modo estava "compensando" as put1c3s que fazia sempre mostrando um afeto e carinho exagerado com os pais.

Em resumo, foi para um estado bem longe, ganhar muito bem, porém ser amante do dono da empresa que a chamou para trabalhar ali (sendo que tal dono tinha todas as profissionais do estado dele para chamar). Pagou apartamento, móveis, etc. Depois de um tempo, descobriu-se também que tal moça, exigente em relação a se relacionar com homens (como a maioria das mulheres mais lindas hoje, e ser linda é o que basta para elas), foi morar um com uma "amiga" (que possivelmente era lésbica).

A conclusão que a pessoa que me relatou isso chegou é que tal mulher, não encontrando o tal "príncipe encantado" global" que muitas tanto idealizam, foi curar tal frustração tendo um caso como amante de um homem casado e uma "amiga" lésbica.

Como se não bastasse, tal moça demonstrou com todas as palavras e de forma clara, que ainda tem esperanças de que um certo homem que conheceu no passado (um médico bem sucedido, mas com filhos e casado há anos) irá deixar um dia a esposa para ficar com ela.

Isso reflete o que muitas das mulheres "modernas" desejam no momento da idade do desespero da vida delas: um homem financeiramente estável (e muito estável) para se "venderem".

Um relato assim, lido de forma crua talvez não impacte tanto, mas para quem ouviu, lembrando das palavras, atitudes e objetivos que tinha essa tal moça, realmente foi chocante, mas ao mesmo tempo só confirma o que muita teoria sobre as verdades nos relacionamentos nos descreve.

2 comentários :

  1. Nem tento entender mais o que as mulheres pensam. É insanidade demais. No meu caso, se o relacionamento começou a estressar além do necessário, fim.

    ResponderExcluir
  2. Cada vez mais vejo que , ficar solteiro é a melhor opção de toda a minha vida! Eu nasci na época errada, a era do modismo,mentira e mentiras. Alberto, parabéns pelos seus textos, seu trabalho de mostrar a verdades me ajuda muito também! Abraço.

    ResponderExcluir