Diálogo, uma das chaves







Se o seu relacionamento não está indo bem, tem uma coisa que você pode fazer, que na maioria das vezes dá certo! DIÁLOGO! Dialogar, pessoal. Falar, expor os problemas e insatisfações.
Pôr pra fora mesmo, mas sem gritarias. Conversar como gente. Ouvir e falar. Simples. Várias pessoas vêm me procurar para relatar que não estão tendo um relacionamento calmo, pois o (a) parceiro(a) sequer ouve, sequer muda e tem atitudes que denigrem o outro.
Sem contar aqueles casos em que um desconfia que está sendo traído pelo outro.
O DIÁLOGO é a chave para abrir as portas, tanto para um reconstrução a dois, quanto para um final que dará paz (ou ao menos procurará isso). Tenho uma angústia e muita tristeza ao ver casais que aparentemente estão muito bem, mas quando fico sabendo a fundo a história, nada daquilo que aparenta faz sentido. Uma das partes se doa mais.
Ou a outra quer mais do que o outro pode oferecer. Lamentável, mas é por estas e outras que muita gente está deixando de se relacionar de forma a selar um compromisso sério. Se as pessoas se "internalizassem" com seus ideais de princípio, sem se deixarem levar por modismos ou pelo que gente de fora fica falando, muitos dos conflitos seriam evitados.
Se não há como haver diálogo, então NÃO HÁ COMO HAVER saída para as soluções.
Gente feliz quer ver gente feliz. Gente fracassada e infeliz quer ver mais gente infeliz. É a síndrome da adequação forçada: se estiver numa mata com animais carnívoros, vai ter de se adaptar a comer a carne de outros bichos. Se estiver com certas aves vai ter de comer plantas. 
O meio "contamina" o vivente. E influencia DIRETAMENTE no modo de vida dos demais.

Um comentário :

  1. Diria que utópico.
    O diálogo so funciona quando as duas pessoas falam o mesmo "idioma". Não adianta dialogar com quem não sabe se colocar no lugar do outro. Não adianta diálogo se a pessoa te houve mas aquilo não faz sentido para ela.
    Observe o comportamento da pessoa, e tire suas conclusões.

    ResponderExcluir