Crimes Passionais


(colaboração: #Sir)
Não sei o que dá na cabeça desses caras que vão lá e matam a mulher, que até então era sua parceira... ou por traição ou por ela o ter deixado. Cara, se ela foi embora da sua vida representa que não te ama, não quer mais tirar proveito da união com você e esteja feliz por isso! Sim! Feliz! Você se livrou de uma v@dia e está livre! Livre! Sabe o que representa ser LIVRE? Livre para tentar de novo ou retomar sua vida como Homem.
A não ser que você seja muito burro de querer ir para a cadeia e ainda poder ser motivo de chacota e ser chamado de c0rno por todos, até o delegado e se bobear até o juíz do seu caso irá rir da sua cara.
Um homem que não consegue racionalmente aceitar o fim pode se envolver numa TRAGÉDIA sem precedentes. Não haverá justificativas para matar a "piranha", ela não te explicará o porque trocou você, trabalhador, honesto, por um vagal, por exemplo. No máximo você pode entrar com um processo para requerer uma indenização, no caso de uma união oficial. Mas estamos falando aqui de crimes passionais, aqueles cometidos com as mãos, não com a mente.
Veja, você fica sozinho(a) de qualquer forma, ela (ou ele) não te quer. Pense que carregar (além dos chifres) um homicídio, não é bom para o seu futuro, para a sua vida. Antigamente matar limparia a sua honra, te devolveria um nome, provavelmente teria até o apoio de outros homens a respeito da sua atitude, mas hoje em dia isso é burrice, imbecilidade e... crime!
Se você tem entre 18 e 80 anos saiba de antemão que o crime não te DEVOLVE absolutamente nada e ainda acaba com a dignidade que lhe restou. Não compensa nem 0,1%! 
Por mais tenebroso, angustiante, triste e traumático que sejam os términos de relacionamentos, nada como a chance de retomar uma vida LIVRE, não pagando uma pena por um ato imb3cil e irracional pelo resto da vida. Anule a causa de uma potencial vida infeliz a dois. Não anule-se.

Nenhum comentário :

Postar um comentário