Investindo na derrota (Texto de colaborador)



Constantemente eu falo sobre se desenvolver pessoalmente e emocionalmente, tendo em vista de que isto é um processo longo. Sendo assim, quanto menos tempo você perder com assuntos que não lhe empurram para frente, melhor.

Existem milhões de textos sobre o desenvolvimento do homem, e como ser um melhor homem. Mas texto é como a faculdade, é apenas a teoria. Você, sabendo da teoria pode tornar-se uma pessoa melhor, caso invista isso na prática, vulgo trabalho.

A questão que vou comentar hoje é sobre um assunto interessante, o qual homens investem tempo perdidamente, deixando de lado situações mais importantes referentes ao seu desenvolvimento.

Quando rejeitado, o homem é atingido bem no centro do ego, então milhares de perguntas lhe vêm à cabeça, querendo saber o motivo de isso ter acontecido, então entra a questão, por que saber o motivo? Ah... Sim, alguns vão dizer, preciso saber o motivo para saber onde errei! É mentira, eu sei que quando os caras falam assim, eles estão usando a teoria, ou seja, o que aprenderam, mas na prática a situação é completamente diferente. Suponhamos que a mulher lhe rejeitou e depois de muita insistência sua ela fala o real motivo disto. Normalmente, até pelo orgulho, você não vai concordar, se ela disser que foi falta de pegada, provavelmente na hora você vai arrumar uma desculpa, inclusive atacando ela, e dizendo que ela é muito fechada, por isso não foi mais audacioso. Percebem? Talvez até já aconteceu isso em outras situações, em outras palavras, em outros lugares.

Um colega meu me procurou, pois estava incomodado com uma situação. Segundo ele, a ex-namorada não dava espaço, ia em todos os lugares em que ele estava, conversava com todos os amigos dele, adicionando os mesmo em redes sociais e por aí vai. Sendo curto e grosso, se a mulher é ex-namorada, ele nem deveria estar preocupado com isto, afinal, ELA está investindo um tempo perdido para chamar a atenção dele, mas isso é problema dela. ELE, como homem, está investimento tempo perdido, perguntando-se o motivo dela estar fazendo isso.

Vocês conseguem perceber que certas ocasiões que não dependem de nós não têm como mudar? Neste caso, ou ele acostuma-se com a presença dela, ou simplesmente começa a conhecer lugares novos. Contudo, não deve perder tempo procurando ENTENDER o MOTIVO de algo.

Se for à rejeição, e você levar para o lado positivo e motivacional, onde você melhore da próxima vez, eu concordo, afinal, você está procurando uma crítica para se entender melhor. Ao término de um relacionamento, é bom fazer uma reflexão sobre o motivo pelo qual terminaram, e em seguida traçar um caminho pelo qual o seu próximo relacionamento não termine pelo mesmo motivo. Fora isso, é paranoia, é loucura.

Lembrem-se, desapego vai muito além de esnobar uma pessoa, autocontrole vai muito além de não responder uma ofensa. Tudo está relacionado à sua mente, use ela a favor de você, faça ela trabalhar para você e não contra você.


Paulo Ricardo Mrozinski

Nenhum comentário :

Postar um comentário