Evoluindo no erro (Texto de colaborador)



O processo de evolução emocional é importantíssimo dentro de um relacionamento. Sabe-se que no conceito desenvolvimento pessoal, uma boa mulher será consequência de seus esforços no trabalho e nos estudos. Juntamente a isso, eu acredito que a ideologia de evolução pessoal e profissional deve caminhar junto com a evolução emocional. Alguns fatores pesam muito dentro de um relacionamento devido à falta de experiência, o que não é vergonhoso, pois como a maioria das situações em que vivemos teve que ter um início, e grande parte delas foi do zero.

Sendo assim, resolvi escrever alguns fatores cujos quais aprendi nesses últimos seis meses dentro do meu relacionamento. Eu não sou um entendedor de mulheres e também não gosto de pessoas que se denominam saberem de tudo, contudo, a experiência que eu adquiro no meu relacionamento vai ser repassada para vocês claramente.

Em outros artigos eu já falei sobre a fase da paixão, onde a maioria dos jovens se perdem, empolgados pelo momento; essa fase geralmente acontece nos três primeiros meses, algumas duram mais e outras menos, mas na maioria das vezes ela acaba. A intimidade é algo poderoso, ela tem o poder de lhe aproximar de alguém, mas também tem o poder de lhe distanciar, e ao término dessa fase é exatamente isso que acontece. Uma das duas pessoas do casal distancia-se um pouco ou deixa de fazer o que fazia antes, aonde eu quero chegar com isso? Aquela mulher que você conheceu, não é realmente a mulher que vai conviver contigo, isso porque a intimidade vai fazer o papel de afastá-los um pouco. Digo que isto não é uma regra, de longe existem relacionamentos que isso não acontece, mas são raros, pois dependem de uma química “sobre natural” ou de muita maturidade dos dois no relacionamento.

Outro fator importante que devo ressaltar dando continuidade ao assunto, é que a partir dessa fase de paixão a mulher vai tornar-se outra, sendo assim, talvez algumas coisas que ela fazia, não era por vontade própria, e sim para lhe agradar. Contudo, agora, ela não vai mais fazer, por isso, não crie expectativas e agora o seu autocontrole vai ser fundamental para que o relacionamento continue. Como em uma empresa, você não pode chamar a atenção do seu funcionário por todo erro que ele cometer, afinal de contas pessoas inexperientes erram muito e na visão deles estão corretos, por mais que você esteja certo e queira mostrar o caminho, o seu funcionário normalmente não vai ouvir, devido à intimidade e vai lhe achar um chato e arrogante, pois toda vez que ele faz algo você dá um palpite. Em um relacionamento não é diferente, procure palpitar ou falar o erro dela somente em casos extremos, caso contrário, vai ter discussão todo dia, acredite.

Todas as mulheres são interesseiras, algumas mais e outras menos. Isso é de fato uma generalização. Não estou falando no sentido de ofensa, mas sim de uma herança biológica. Analise o seguinte, mulheres em sua maioria procuram segurança, é de suma importância para que se sintam confortáveis em um relacionamento. Antigamente a força predominava. Hoje em dia a vantagem é que temos outras formas de mostrar segurança, seja emocionalmente, financeiramente, psicologicamente, sendo um homem estável, dentre outros. Sendo assim, procure evitar ao máximo mostrar suas fraquezas, seja ela qual for. E o principal deste princípio, não fale repetidamente sobre seus problemas pessoais e profissionais. Com o tempo, a mulher vai começar a perceber que você é um homem problemático e fraco, pois não consegue lidar com seus problemas, então como você vai solucionar os problemas dela também quando casarem? Nada impede que você peça um conselho, uma opinião, mas poupe-a dos desabafos e reclamações.

Por fim, algo importante é não falar de suas qualidades e querer se valorizar. Falar o que você fez ou faz por ela é perda de tempo e um tanto quanto errado. Se ela não está vendo o que você faz, não é sua obrigação mostrar. Se você acha que está fazendo demais, então pare de fazer, se acha que não está sendo retribuído, não ofereça, se algo está errado na sua visão, vai continuar sendo na sua visão. Lembrem-se, cada pessoa tem uma personalidade diferente, talvez vocês encontrem uma pessoa flexível e fácil de conversar, mas a maioria das pessoas não são assim, elas não querem mudar, e não é você que vai conseguir isso. A mudança tem que vir dela, ela tem que abrir os olhos e ver a oportunidade que está tendo, se não ver, paciência, a sua parte você fez.

Relacionamento é um amadurecimento constante, a grande lição é você aprender com seus erros e evoluir em cima deles. Procure ver o que não está bom e arrumar soluções para melhorar; ficar batendo na mesma tecla é burrice. Conscientize-se que dificilmente você vai se casar com a primeira mulher que conhecer, então procure tirar o melhor que puder de cada relacionamento, para que no próximo ele dure e seja melhor ainda.

Paulo Ricardo Mrozinski

Nenhum comentário :

Postar um comentário