Porque algumas mulheres tem tudo para ser feliz e só cometem erros e fazem bobagens na vida



















É fato que as novas gerações de mulheres têm tido mais oportunidades de se qualificarem profissionalmente e também como esposas, haja visto que uma grande parcela só se casou por algum item de interesse delas que o marido tem ou é no meio social. Em resumo, hoje em dia existem muito mais mulheres na "boa vida" do que antigamente, pois é sabido que até para fazer tarefas básicas é contratada uma diarista. Não que toda mulher seja obrigada a cuidar da casa. Mas ela foi perdendo esta essência nos últimos anos.


Sobre o fato de fazer bobagens, todos fazemos. Mas algumas vão além da incapacidade de pensar em certas consequências de suas atitudes egoístas e mesquinhas. O enigma fica em torno do porque uma mulher destrói seu próprio relacionamento por causa de algo momentâneo. Sim, a grande maioria é inconsequente e não age como um ser humano normal, onde tem sua vida normal com seu namorado ou marido e começa a procurar a tal "sarna para se coçar".


Elas têm tudo: uma boa família (base), um trabalho digno e até conseguem boas notas na faculdade. Algumas com probleminhas de saúde, outras até com quase nenhum defeito, totalmente sadias. Mas sempre existe uma fase na vida delas que se perdem nos pensamentos seja idealizando uma vida mais agitada, uma rotina de relacionamento mais "fervorosa" ou seja desejando coisas que não podem ter no momento.


Contudo, o porto seguro delas ainda continua sendo um homem. Entretanto, os homens de valor e que seriam de fato o porto seguro delas está sendo deixado de lado. Seja por uma rotina estável (mas monótona, por avaliação delas) ou por elas manterem na mente esse objetivo de arriscar tudo para terem seus coraçõezinhos batendo mais forte. Conheço mulher que, mesmo tendo todos os requisitos para ser uma ótima companheira, namorada ou esposa, prefere estar sempre ao lado de companhias que dão aquela "alegria" e risadas no momento do bem-bom, com bebedeiras, drogas, festas, traições, etc. mas quando realmente precisam mostrar companheirismo num momento mais crítico, estas mesmas pessoas a deixam sozinha.


Muitas mulheres já na adolescência se aproveitam de sua popularidade e beleza e acabam pensando que aqueles moleques que ela atraiu são como pontos para preencher seu ego, que realmente a querem bem e, por muitas ocasiões são meninos que não tem nada a perder, só querem esperar a deixa para "passar a régua" e jogá-la em qualquer canto. Mas a maioria delas é muito cega nesta fase da vida.


Na fase adulta os objetivos são outros, porém mesmo assim não vemos mulheres valorizando a dedicação do seu marido, mesmo ganhando pouco e trabalhando muito, para manter a casa e o relacionamento. O que vemos são muitas praticamente se prostituindo, preferindo enganar quem as ama do que investir em uma vida a dois saudável.


Já presenciei casos onde a mulher denigre sem dó a imagem do namorado/ marido para colegas de trabalho ou de faculdade, colocando-o à um nível de bosta! Já soube de mulher que apanha do companheiro, mas nem denuncia e nem faz absolutamente nada para cessar o sofrimento, simplesmente continuam e... gostam! Sei de mulher que prefere ficar com o companheiro atual (porque é lindo, rico ou influente no meio social) e sabe que é traída, do que tentar reviver e ser feliz. Algumas perseguem um cara que já é até compromissado, outras se entopem de remédio para a depressão/ ansiedade, etc. Já vi cada caso que.. merece um post só para relatar tudo!


As escolhas são feitas por elas mesmas. As consequências levam um tempo, mas mostram que as iludidas, as promíscuas, as burras, as arrogantes, ambiciosas ou outras que se perdem e fazem opções erradas sempre apanham muito da vida antes de entender que vivem no mundo real.

Um comentário :

  1. MEEEEEU DEEEEEEEEEUS! ameeei o blog !! =D com certeza voltarei mais vezes, procurei a opção seguir para sempre receber os posts novos em meu blog, mas não encontrei, mas mesmo assim marcarei em meus favoritos, para não esquecer de vim aqui ! Parabéeeens, está muito lindo e recheados de informações que nos interessam.
    esse post mesmo me deu um tapa sem mão, já fui uma dessas que "perseguem comprometido" mas na época eu nem sabia que ele já tinha compromisso, depois suspeitei mas já estava tão apaixonada... agora me libertei ainda bem ahuaha, vida que segue!

    ResponderExcluir